Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Verniz 540 «Carlos Santos»

IMG_20170707_104333.jpg

 

Hoje é a vez do verniz 540 «Carlos Santos». Tenho alguns vernizes desta marca de segmento mais baixo. O preço destes produtos é de 3,90€ mas em promoção até podem descer ainda mais.

 

IMG_20170707_104253.jpg

 

Gosto de vernizes vermelhos; cada vez mais. É uma cor forte, mas clássica. Serve para usar no inverno e no verão também, porque (como qualquer clássico) nunca passa de moda.

IMG_20170707_104301.jpg

 

Este é um vermelho vivo e brilhante.

Na imagem abaixo têm os ingredientes do produto.

 

IMG_20170707_104313.jpg

 

Considerações gerais: trata-se de um bom verniz? Não... mas pode andar situar-se pelo mediano, se usarem um bom top coat. Ou seja, se não quiserem que ele "vá à vida" num dia ou dois, acautelem-se com um bom acabamento, que pode fazer com que dure bastante mais. Quanto à consistência do verniz nada há a apontar. Talvez a escova pudesse ser um bocadinho menos "mole".

 

IMG_20170707_104348.jpg

 

 

 

 

Inspirações para casas modernas - exterior

Embora tenha vivido a maior parte do meu tempo em apartamentos e lhes reconheça vantagens face a ter uma casa (por norma, são de mais fácil e económica manutenção, tendem a estar mais centrais, há menos isolamento, costuma haver mais segurança, entre outros) sempre quis ter uma casa. É que também há vantagens que um apartamento nunca poderá dar como mais espaço, mais privacidade, mais liberdade, poder ter um jardim e um espaço exterior, não depender de um condomínio, não lidar com vizinhos abelhudos/ barulhentos, para além de não haver restrições quanto a animais de estimação.

 

 

 

Por isso, aqui ficam algumas inspirações exteriores das casas que mais gosto, dentro do estilo mais moderno, com linhas direitas e grandes janelas para deixar entrar a luz. De preferência, casas térreas, a pensar numa moradia para toda a vida, uma vez que as escadas a partir de certa idade tornam-se num obstáculo. Infelizmente, nem todos os terrenos dão para este tipo de construções por causa dos limites da construção em profundidade e dentro do perímetro urbano do terreno, frente do terreno, alinhamentos, etc, por isso, aqui ficam também opções com 1º andar.

 

 

Excluí casas de muito luxo com piscinas e coisas do género, porque queria exemplos de algo dentro de um segmento de preço mais baixo. Espero que gostem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Personalidades: Inês Caldeira

 

Já aqui tenho falado de personalidades inspiradoras. Por norma, escolho grandes mulheres que se destacaram não só pelas grandes carreiras, como por aspetos da vida pessoal. Todas elas "muito à frente" no seu tempo. Visionárias, portanto. No entanto, nenhuma das que referi até hoje pude apreciar "ao vivo e a cores" e a sua influência e inspiração chegou até mim por meios indiretos.

 

Ontem, tive o enorme gosto de tomar conhecimento desta grande mulher. Não em tamanho real (porque até é bastante baixinha, embora estivesse empoleirada nuns saltos bem altos), mas no potencial que tem não só em si própria, como na capacidade de o fazer despertar nos demais.

 

Foi no decorrer de uma gala de Marketing que ouvi de alguém com apenas 38 anos um dos discursos mais inspiradores. Sem peneiras, sem salamaleques, sem vaidades inúteis, direta, com simplicidade e, acima de tudo, genuidade, Inês Caldeira, CEO da L'Oréal em Portugal tocou profundamente a audiência com o seu exemplo de perseverança e de sucesso. Assim, sem perder de vista a sua posição, nem deixar que isso lhe "subisse à cabeça".

 

O seu discurso foi um misto de racionalidade e emotividade, de uma pessoa que luta com muito esforço pelos seus objetivos profissionais, sem esquecer que antes disso é uma pessoa e, como tal, também as necessidades pessoais têm de ser satisfeitas para que se seja feliz. Sim, ela ousou falar em felicidade, o "tabu" que costuma estar separado do sucesso profissional. E ainda conseguiu fazê-lo, recorrendo à ironia e fazendo algumas piadas, que, infelizmente, não creio terem sido compreendidas pela maioria do público, mais formatado para outro tipo de discurso.

 

E citou Pessoa (duas vezes, para ver se a mensagem era claramente captada), mas mais uma vez não creio que a apreensão tenha sido completa. Não o fez de forma leviana e para mostrar que era culta (como já apreciei em outros exemplos), mas para saborear as suas palavras e com o objetivo de realmente passar a mensagem.

 

Aqui ficam duas entrevistas dela http://expresso.sapo.pt/economia/exame/2016-04-16-Nao-ha--homens-desconfortaveis-por-serem-chefiados-por-mulheres--ou-entao-sao-muito-bons-a-disfarcar  https://executiva.pt/ines-caldeira-tive-muito-mais-do-que-aquilo-com-que-sonhei/ mas garanto-vos que o discurso foi muito melhor. A não perder de vista esta mulher forte que não tem medo de expor as suas emoções e fragilidades. Bem haja!

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Noi hablamos autres lenguas

subscrever feeds

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.