Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Afinal, até as formigas são malandras!

 Uma a uma, todas as historinhas que me contaram na infância (sobretudo as que traziam uma moral) têm sido desmontadas ao longo do tempo. Ai, não acreditam?! Então, vejamos...

 

A Cinderela é um mito... se fores pobre e te vestires mal ninguém da aristrocacia vai querer casar contigo. Ainda mais se fores uma sonsinha como ela e te deixares enganar por alguém como as "irmãzinhas" más... Vais continuar pobre, mal vestida, sozinha (e gorda com o tempo...).

 

Quanto ao Lobo Mau... Sim, ele existe e anda por aí. E vai comer-te, se te armares em tansa como o Capuchinho Vermelho... Abre os olhos e quando vires um assim, foge logo a sete pés, antes que seja tarde...

 

Não há nenhuma Lâmpada Mágica que vás esfregar e pedir três desejos: ou trabalhas como uma moura para conseguires alguma coisa ou não é num tapete mágico que vais voar até às Maldivas, com certeza...

 

E se pensas que vais morar com sete tipos como a Branca de Neve, desengana-te... Até onde eu sei, está mais para o contrário, devido à proporção de homens/ mulheres. Pensando bem, graças a Deus, pois se um homem dá trabalho... imagine-se sete!

 

Mas a maior treta de todas e presente na maioria de todas as histórias é o Príncipe Encantado... Sapos, até vão encontrar aos pontapés, agora príncipes... e encantados... mais vale virarem todas fufas!

 

A única história que ainda tem algum fundo de verdade é o Ali Babá e os Quarenta Ladrões, refiro-me à parte dos ladrões, como é óbvio... é o que vê por aí, em determinados governos...

 

Mas voltemos às formigas, que tinham a fama de serem muito trabalhadoras e sensatas. Ao contrário da Cigarra, que só queria flautear, a Formiga passava a vida a trabalhar para se precaver para o futuro...

 

Um estudo norteamericano (também, só estes gajos para fazerem estudos destes...) vem, agora, provar o contrário. Afinal, de contas, metade delas, num formigueiro não fazem a ponta de um corno. É verdade! Confirma-se, portanto, a máxima: "É meio mundo a f... outro meio mundo". Até nas formigas... Como podeis ver aqui mais uma moral de uma história vai por água abaixo...

 

Depois não querem que um gajo ande deprimido... Conforme cresce, vai vendo que é tudo ao contrário do que devia ser...

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Noi hablamos autres lenguas

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.