Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Dois em um: «O doente inglês» de Michael Ondaatje e «O paciente inglês», de Anthony Minghella

 Para quem não tenciona sair de casa no fim de semana, deixo aqui estas duas sugestões: «O doente inglês», de Michael Ondaatje e «O paciente inglês», um filme baseado no livro, com realização de Anthony Minghella.

 

Primeiro, vi o filme. Trata-se de um filme de 1996, que angariou a "módica" coleção de 9 óscares, para além de 2 globos de ouro e outros prémios. É um dos filmes que já vi várias vezes e que continua a comover-me.

 

Quanto à história, passa-se no final da Segunda Guerra Mundial. Um desconhecido que teve queimaduras generalizadas quando o seu avião foi abatido e é conhecido apenas como "o paciente inglês" (que, ao fim e ao cabo nem sequer era dessa nacionalidade) acaba por receber os cuidados de uma enfermeira, Hana. Gradualmente ele começa a narrar o grande envolvimento que teve com uma mulher e de como este amor foi fortemente correspondido. Mas da mesma forma que determinadas lembranças lhe surgem na mente, outros detalhes parecem não vir à memória, como se ele quisesse que tais factos continuassem enterrados e esquecidos.

 

Contudo, o filme não é "só" esta apaixonante história de amor. Tem um palco de guerra, política e culturas divergentes. Refere-se a sentimentos como o amor, a raiva, a amizade e a traição. E à falta de sorte também... a coisas que parece que estavam à partida condenadas. A densidade psicológica das personagens é bastante intensa e complexa. É preciso percebê-las bem. Mas o elenco é de luxo e "facilita-nos" o trabalho, com atores como Colin Firth, Juliete Binoche, Ralph Fiennes e Willem Dafoe.

 

Uns anos mais tarde, li o livro, de Michael Ondaatje, vencedor do prémio Booker Prize, o mais conceituado prémio literário inglês. À semelhança de outros filmes/ livros estava à espera de gostar ainda mais do livro... Mas, não... Fiquei desiludida. Não sei se foi do tipo de escrita, se do que foi, mas não gostei tanto como do filme. Fui, então, rever o filme para ver se a ideia que tinha estava deturpada, mas não. Ainda fiquei a gostar mais do filme. É questão de experimentarem. Comecem pelo livro, desta vez...

 

Aqui fica o trailer do filme para seduzir:

 

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Noi hablamos autres lenguas

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.