Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Música: lado A, B e C (#2) «I drove all night»

Hoje a publicação é sobre uma música que tem várias versões conhecidas. Já aqui tinha feito uma coisa do género. A minha vida sempre foi acompanhada de banda sonora e creio que o mesmo ocorre na vida de toda a gente.

 

A música de hoje foi originalmente composta para Roy Orbison. No entanto, ele só a usou em 1992. Portanto, em termos cronológicos, a primeira versão a aparecer foi a da portentosa e desaparecida (para muita pena minha) Cyndi Lauper:

 

 

Em 1992 Roy Orbison mune-se de um ator de Beverly Hills 90210 (série que enlouqueceu toda uma geração), Jason Priestley, e apropria-se da música que havia sido composta para si e que podemos ver neste vídeo, que revive James Dean:

 

 

Entretanto, muitos outros criam versões diferentes deste I drove all night, como os The Protomen e que não vou publicar aqui. A última versão mais conhecida (2003) foi da Céline Dion (e a pior, para mim...):

 

 

Já disse que não gosto nada da última versão...? (Nunca é demais dizer... poupem-me!)...

 

Quanto às outras duas a que me referi, é difícil escolher a minha preferida. Adoro a voz e o ritmo do Roy Orbison, mas a Cyndi Lauper... convenhamos: a mulher tem O poder.

 

E vocês, qual preferem?

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Noi hablamos autres lenguas

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.