Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Personalidades: Frida Kahlo

 Já que hoje é o Dia Internacional da Mulher (ridículo, se se achar que a mulher já está equiparada ao homem e necessário se lembrarmos todas as diferenciações que, por mais queiramos que já não existam, continuam a manifestar-se), decidi lembrar uma das mulheres que sempre me inspirou. Trata-se de Frida Kahlo, uma pintora surrealista mexicana que teve uma vida curta, mas extraordinária por diversas (boas e más) razões.

Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón nasceu em 1907 e morreu em 1954. Descende de um alemão luterano e de uma católica de origem indígena e espanhola, sendo sempre mais próxima do pai, mas rodeada das suas outras três irmãs (e com mais duas meio-irmãs da primeira relação do pai), portanto, um universo maioritariamente feminino.

 Aos seis anos, ela teve poliomielite, a primeira de uma série de doenças, acidentes, lesões e operações que sofreu ao longo da vida. Esta doença deixou uma lesão no seu pé direito, pelo que passou a usar calças e depois longas e exóticas saias, que se tornaram uma de suas marcas pessoais.

Frequentou a Escola Nacional Preparatória do Distrito Federal do México, mas aos 18 anos sofreu um grave acidente, quando um veículo lhe perfurou as costas, causando uma fratura pélvica. Frida ficou muitos meses entre a vida e a morte no hospital, teve que ser operada diversas vezes a várias partes e reconstruir por inteiro o seu corpo, que estava todo perfurado. Tal acidente obrigou-a a usar coletes ortopédicos de diversos materiais, e ela chegou a pintar alguns deles (como o colete de gesso da tela intitulada A Coluna Partida).

Foi durante a convalescença que começou a pintar para ocupar o tempo, com um cavalete adaptado à cama.

Em 1928,entrou no Partido comunista mexicano e conheceu o muralista Diego Rivera, com quem se casou, pela primeira vez, no ano seguinte. Sob a influência da obra do marido, adotou o emprego de zonas de cor amplas e simples. Procurou na sua arte afirmar a identidade nacional mexicana, por isso adotava com muita frequência temas do folclore e da arte popular mexicana.

Entre 1930 e 1933 passou a maior parte do tempo em Nova Iorque e Detroit com o marido.

 O casamento com Rivera foi bastante atribulado. Ambos tinham relações extraconjugais e embora o marido aceitasse as relações de Frida com outras mulheres, o mesmo não acontecia se fossem homens. As discussões e as separações eram frequentes e até com uma das suas irmãs o marido a traiu. No entanto, casaram-se por duas vezes, mas tinham uma relação completamente atípica para a altura e o local.Por último, acabaram por ter duas casas lado a lado, unidas por uma ponte, por onde passavam para se encontrarem, mas sem morarem juntos.

 Embora tenha engravidado várias vezes, nunca conseguiu levar a gestação até ao fim, por causa das mazelas sofridas por causa do acidente (que lhe causaram sempre dores acutilantes e constrangimentos de ordem vária), o que a levou, muitas vezes, a tentar o suicídio.

No entanto, Frida Kahlo acabou por morrer de pneumonia, embora também não se descarte a possibilidade de overdose por causa dos inúmeros remédios que tomava.

 Ela chegou a expor em Paris, em 1939. Embora fosse considerada uma pintora surrealista, Frida declarou: Pensavam que eu era uma surrealista, mas eu não era. Nunca pintei sonhos. Pintava a minha própria realidade.

Por que é que esta mulher me inspira...? Porque apesar de todos os acidentes /doenças / complicações de saúde, ela resistiu. Ela fez e marcou a diferença, mostrando estar "muito à frente" no seu tempo. Não só como artista, mas como ativista política e como pessoa que vivia intensamente os seus sentimentos, na sua vida privada. Uma das frases dela era "Para que preciso de pés quando tenho asas para voar?"

Se ficaram com curiosidade, sempre podem ver esse filme acima, que é protagonizado pela Salma Hayek. Não sendo 100% fiel à realidade, sempre dá para conhecer melhor a grande Frida Kahlo.

 Aqui fica o trailer:

 

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Noi hablamos autres lenguas

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.