Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Reeditando "antiques": Livros: «A Casa Quieta», de Rodrigo Guedes de Carvalho

 

Este livro fez-me lembrar «As Naus» de Lobo Antunes. O estilo é o mesmo com as diferentes vozes narrativas que se alternam constantemente (embora de uma forma mais clara).

O tema da colonização/ descolonização e guerra de África também está lá, embora abordado de outra forma.

Enquanto Lobo Antunes parodia a História e os vultos portugueses com o intuito de criticar a "Lixboa" (lixo) a servir como metonímia de Portugal, em que S. Francisco Xavier, por exemplo, era proxeneta, Rodrigo Guedes de Carvalho escolhe pessoas reais, concretas, mais expostas e talvez menos estereotipadas.

Abrange ainda outros temas como a morte, as doenças terminais, as relações conjugais, a infidelidade, as relações pais-filhos em duas gerações distintas, retrata o consumismo da sociedade actual, o egoísmo, o alheamento... e tudo isto com um tratamento temporal diferente.

Começa a narrativa em 2005 (de Novembro até Fevereiro, por esta ordem), depois recua até 1985 (de Janeiro até Março), avança a 1995 (de Abril e Maio), regressando a 2005 (de Junho a Dezembro).

Um livro que nos obriga a reflectir sobre o mundo em que vivemos e de que forma o fazemos.

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Noi hablamos autres lenguas

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.