Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Robôs sexuais: sim ou não...?

 Estimado público, tanto feminino como masculino: estão aí os robôs sexuais... É verdade que só acessíveis a algumas carteiras... mas existem e estão em constante evolução. Depois das bonecas e dos bonecos sexuais, desde aqueles modelitos mais básicos que se compram para as despedidas de solteiro(a) (digo eu...) até aos mais sofisticados que parecem mesmo reais e adaptados às necessidades de cada cliente, já há empresas que se dedicam ao fabrico e comercialização de robôs que servem para... ter sexo.

 

 

Chocado (a)? Não fique tanto... ao que parece, há um estudo que indica que uma em cinco pessoas (homens e mulheres) está disposta a ter sexo com um robô. Portanto, veja-se só as potencialidades deste negócio... Sobretudo, se tivermos em conta que cada vez menos as pessoas convivem verdadeiramente, ficando-se por uma convivência mais virtual, via Internet, via telemóvel, sem que haja, de facto, um conhecimento real. Quantas vezes se vai a um café, um bar ou qualquer coisa do género e vemos mesas inteiras de gente que, ao invés de estar a conversar (como humanos que são) estão a teclar na porra do telemóvel?...

 

 

Se juntarmos ao pacote o risco de doenças sexuais sexualmente transmissíveis, as complicações psicológicas que podem resultar de um mau relacionamento ou até mesmo a vida corrida que cada um de nós levamos que nos impede de dispor de tempo para investir numa relação que até "pode nem dar em nada" ou dar em algo pior, conseguimos olhar para os resultados do estudo que acima referi com menos estranheza.

 

 

Se pensarmos ainda que esta seria uma boa forma de banir perversões como a pedofilia, violações, prostituição, exploração sexual ou outras coisas do género e possibilitar a quem por um motivo ou outro não consegue ter uma vida sexual por "vias normais" acesse a esse prazer/ necessidade, talvez esta coisa dos robôs não seja totalmente descabida... Ah... e não haveria bebés indesejados...

 

 

E mais ainda: no meio desta modernice toda, por exemplo, a «True Companion» (que é uma empresa produtora destes robôs) garante que estes irão ser capazes de ouvir, falar, manter uma conversa, sentir o toque e ser um verdadeiro amigo. (Whatiiiiii??????!!!!???) Ah... e eles também poderão ter um orgasmo... caso se toque no sítio certo...

 

 

A última achega: se o fizerem, já que não se pode "escolher" o homem/ mulher da nossa vida, escolham a dedo o ou a robô da vossa vida. :) É desta que vao poder eleger a cor do cabelo, dos olhos, da pele e, claro... os tamanhos de... tudo... lol E sem ouvirem reclamações, sermões ou birras!

Claro está também que sem tudo o resto, o bom e o mau, que nos caracteriza como humanos e que nos põe as emoções à flor da pele. Sejam estas boas ou más, ou as duas coisas, como todos (as pessoas) temos, porque não somos... robôs, precisamente...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Noi hablamos autres lenguas

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.