Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Séries: «Las chicas del cable»

 

Acabei de ver recentemente a primeira temporada desta série, com muita pena minha com somente oito episódios. No entanto, uma segunda temporada foi já anunciada. Trata-se da primeira série original da Netflix produzida em Espanha: «Las chicas del cable».

 

 

É uma série de época protagonizada por Blanca Suárez, Ana Fernández, Maggie Civantos e Nadia de Santiago.

 

Passa-se nos anos vinte de Madrid, mais concretamente em 1928, à volta da vida de quatro jovens mulheres que trabalham na moderna companhia telefónica como telefonistas, numa altura em que estas eram necessárias para fazer uma ligação telefónica. Por isso é que são "as raparigas do cabo".

 

 

A série faz um bom aproveitamento histórico cultural utilizando, quando possível, os locais verdadeiros onde se passa a ação na bem conservada Madrid atual que trata muito bem dos seus edifícios históricos. No entanto, embora o faça não gira à sua volta. O enfoque é dado às vivências pessoais das personagens que "aproveitam" (por assim dizer) o contexto em que estão inseridas.

 

A opressão das mulheres e a política também está sempre presente na história que, claro, também tem uma história de amor. Ao longo da trama, cada uma destas mulheres, à sua maneira, busca uma forma de se libertar de vários tipos de coisas ou pessoas, sejam elas um pai opressor, um marido traidor e violento e o machismo que caracterizava a sociedade da altura (tanto no trabalho como em casa) ou mesmo as lembranças de um passado irrepetível (entre outros).

 

Abordam-se também temas mais polémicos, como a homossexualidade e o amor a três.

 

«Las chicas del cable» conta, ainda, com humorismo, especialmente nas personagens de Pablo e Marga .

 

A única coisa que não percebi muito bem foi a razão da banda sonora estar descontextualizada da época com versões de músicas mais tecno e em inglês. Era escusado e corta um pouco a aproximação à história.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Noi hablamos autres lenguas

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.