Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

«Pompeii»: o filme

 Para quem não sabe, eu tenho uma certa fixação pela cidade de Pompeia e tudo o que se relaciona com esta cidade. (Um dia destes até posso escrever aqui uns posts sobre o assunto). Mas hoje não vim falar da real Pompeia, mas antes do filme que vi este fim de semana.

 

Quando a pessoa gosta de determinado assunto, é normal que busque informação e documentação que nos permita saber mais sobre o respetivo tema em causa. Só assim se tem conhecimento de causa. Aliás, o ideal é, até, ir à "beber à fonte". Se isto é de fácil compreensão quando estamos a falar de uma reles mortal que se interessa pelo assunto, como eu, que dizer de quem decide fazer um filme sobre a cidade desaparecida?...

 

Em primeiro lugar, o filme não é sobre Pompeia. A ação desenrola-se em Pompeia e ponto final. O filme até poderia chamar-se "Amor entre escravo e senhora em Pompeia" ou "Gladiadores em Pompeia" ou qualquer coisa do género, mas nunca "Pompeia".

 

Embora tenha visto alguns cenários de acordo com aquilo que li, o principal, como, de facto, viviam as pessoas em Pompeia, por um lado, e como sucedeu a tragédia do vulcão, por outro, nada disso foi bem explorado.

 

Já outros filmes foram feitos sobre o assunto:

 

 Alguém conhece mais...? É que este, é para esquecer e a pessoa gostava de ver um que respeitasse a verdade histórica. É pedir muito...?

«Jojo hairfun». A marca italiana que já é moda em Espanha

 Pois é... o verão está aí e todos os anos vemos esta ou aquela moda que dá em força nesta época e depois desaparece. Em Espanha estão a usar-se muito estes acessórios de moda: os «Jojo hairfun». Tive acesso a alguns que me trouxeram de lá para experimentar, mas a marca é italiana e podem encontrar aqui.

 

Basicamente, trata-se de uma espécie de fita debruada a arame com um buraco no meio, com inúmeras cores. Através de diferentes aplicações podemos criar vários estilos de cabelo com facilidade como rabos de cavalo, bananas, coques e outros. No site deles em "Gallery" têm imagens demonstrativas de como fazer estes penteados e até vídeos. Também encontram mais no Youtube:

 

O preço é 5 €. Se encomendarem mais que 11, os portes são gratuitos.

As "Sunset Parties"

 Ora, então, vamos lá a ver como é que eu começo sem ferir (muito) a suscetibilidade de algumas pessoas...

Em primeiro lugar, temos maravilhosas palavras em português para "sunset". Pôr-do-sol é a óbvia, mas se quisessem ser diferentes também poderiam usar "anoitecer, crepúsculo, ocaso, entardecer ou poente"... e para "party", festa, pois claro... Portanto, não entendo essa treta estar em inglês...

Até percebo nas verdadeiras sunsets tipo em Ibiza e sítios do género, porque, afinal de contas, estas festas são feitas para os estrangeiros e o próprio conceito do que se faz tem a ver com a cultura alheia e não com a autóctone...

Ora, parece-me a mim que na maior parte dos lugarejos por este país fora onde se (tentam) praticar tais eventos não ocorrem verdadeiras festas dignas de este nome, à exceção de alguns sítios onde, de facto, o turismo estrangeiro predomina e onde existe um grande aglomerado de gente condizente com o investimento que é feito.

Aqui fica um exemplo. E, ah! Convém não esquecer o principal... Uma sunset é para ver o pôr-do-sol que, como é óbvio não é igual numa praiazeca-onde-judas-perdeu-as-botas ou aqui...

 

 

Ou versão Pacha:

 

 

Portanto... o máximo que se poderia chamar a isso que por aí proliferam é de festinhas de pôr-do-sol mal conseguidas... Basicamente, está ali o mesmo grupo de gente que esteve à noite, mas vestido de praia (com sorte porque com a ventosga que faz nas nossas praias do norte...), a ouvir a mesma música que passou à noite pelo mesmo DJ e a beber o mesmo que ainda nem digeriu bem da noite passada. Dançar, é raro. O normal é estarem com os telemóveis nas mãos a atualizar o facebook ou outra rede social... Apreciar o deitar do sol, muito menos... Estão ali porque querem ver e serem vistos (e de preferência serem fotografados para aparecer no face... em alternativa, sempre tiram as suas próprias selfies...) e é isto! Com a agravante de que perturbam o vulgar português que só pode ir à praia no fim de semana e que tem de bater em retirada antes do fim da tarde para que os seus filhos não vejam cenas tristes e os seus ouvidos não fiquem entorpecidos com o "pum-pum"... A sério que não têm nada melhor para fazer num fim de tarde...?

Pág. 4/4

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Noi hablamos autres lenguas

subscrever feeds

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.