Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Mais cenas do supermercado...

 Acho que já todos sabem o quanto eu ADORO ir ao supermercado... especialmente em dias e "horas de ponta" como aos fins de semana... se não sabiam podem ver aqui.

 

Se já é mau ir a estes sítios a uma sexta, num sábado é ainda pior. Sobretudo, se for feriado e não estiver aberto de tarde...

 

Mas hoje vou falar-vos de mais uma cena que me faz fugir a sete pés destes sítios medonhos, especialmente nos dias em que têm mais afluência. Trata-se da "família-feliz-que-não-é-assim-tão-feliz" e respetivo "homem-assanhado" e "mulher-otária". Passo a explicar...

 

Está uma pessoa a tentar despachar-se o mais rápido possível para fugir dali, a enfiar o que precisa sem sequer perder tempo a fazer escolhas mais ponderadas quando repara que tem ali um "poste" a especar. Pois é... e este poste nem sequer está disponível para vos "acender as lâmpadas" porque... é casado. Ao lado, a mulher apercebendo-se da situação, lança olhares furibundos divididos entre o assanhado e a pessoa-que-só-se-quer-despachar-dali. Mas que culpa tem se ela casou com um deficiente...?

 

A criança fruto desta relação de insatisfeitos puxa insistentemente pela manga da camisola da mãe porque quer alguma coisa, mas nem um nem outro lhe prestam atenção, ao que a criança responde a gritos.

 

A "possível-destruidora-de-lares" arranca na direção oposta do estabelecimento para não ceder à sua grande vontade de se virar para esta "família-feliz" e dizer: "Atenção, que eu não sou nenhum fardo de palha", para ser eufemista...

 

É "déjà vu" ou não...?