Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Resoluções de ano novo

 O que é que vocês pensam desta história das resoluções do ano novo? Farão sentido? Ou cada dia, cada hora, cada minuto das nossas vidas é uma oportunidade de reescrevermos a nossa história...? A "virada" do ano é o momento ideal, ou existirão situações pelas quais passamos no nosso dia a dia mais "eficazes" para esses (re)começos tão necessários nas nossas humildes existências...?

 

Para quem leva este conceito a sério, já experimentou escrever num papel as ditas cujas resoluções e analisá-lo no final desse ano para comparar objetivos e metas alcançadas...? Acho que só assim se poderá ver claramente o desfazamento (ou não) de uma coisa e de outra.

 

Na verdade, fazer listas costuma ajudar em muita coisa. É a lista de supermercado que se não se fizer vêm coisas que não eram precisas e as que são ficam, a dos afazeres da semana, a do que temos que levar numa viagem, das prendas de natal, dos convidados de uma festa... etc. Fazer uma lista do que queremos e especialmente do que NÃO queremos para a nossa vida também pode ser de preciosa ajuda. Sobretudo, se a consultarmos para acrescentar ou tirar itens, ou simplesmente para não nos esquecermos de nada do que lá está e nos focarmos no que realmente é importante.

 

Na realidade, não creio que seja apanágio do ano novo este tipo de exercíco. A época potencia-o, é certo, mas também o enfraquece porque estas reflexões são mais rapidamente esquecidas. Por vezes, juntam-se as duas coisas: o ano novo e aquele ou aqueles acontecimentos que nos fazem, de facto, mudar a nossa atitude perante alguma(s) coisa ou alguma(s) pessoas.

 

Seja de que forma for, ao longo da vida é preciso ir fazendo estes "balanços" que nos conduzem a novas ou diferentes posturas, sejam estas resoluções pacíficas e agradáveis ou  conflituosas e custosas.

 

Bom 2016!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Noi hablamos autres lenguas

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.