Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Brega & Chique

Este é um blogue de uma mulher portuguesa com todas as (f)utilidades inerentes a essa condição...

Séries: «Las chicas del cable»

 

Acabei de ver recentemente a primeira temporada desta série, com muita pena minha com somente oito episódios. No entanto, uma segunda temporada foi já anunciada. Trata-se da primeira série original da Netflix produzida em Espanha: «Las chicas del cable».

 

 

É uma série de época protagonizada por Blanca Suárez, Ana Fernández, Maggie Civantos e Nadia de Santiago.

 

Passa-se nos anos vinte de Madrid, mais concretamente em 1928, à volta da vida de quatro jovens mulheres que trabalham na moderna companhia telefónica como telefonistas, numa altura em que estas eram necessárias para fazer uma ligação telefónica. Por isso é que são "as raparigas do cabo".

 

 

A série faz um bom aproveitamento histórico cultural utilizando, quando possível, os locais verdadeiros onde se passa a ação na bem conservada Madrid atual que trata muito bem dos seus edifícios históricos. No entanto, embora o faça não gira à sua volta. O enfoque é dado às vivências pessoais das personagens que "aproveitam" (por assim dizer) o contexto em que estão inseridas.

 

A opressão das mulheres e a política também está sempre presente na história que, claro, também tem uma história de amor. Ao longo da trama, cada uma destas mulheres, à sua maneira, busca uma forma de se libertar de vários tipos de coisas ou pessoas, sejam elas um pai opressor, um marido traidor e violento e o machismo que caracterizava a sociedade da altura (tanto no trabalho como em casa) ou mesmo as lembranças de um passado irrepetível (entre outros).

 

Abordam-se também temas mais polémicos, como a homossexualidade e o amor a três.

 

«Las chicas del cable» conta, ainda, com humorismo, especialmente nas personagens de Pablo e Marga .

 

A única coisa que não percebi muito bem foi a razão da banda sonora estar descontextualizada da época com versões de músicas mais tecno e em inglês. Era escusado e corta um pouco a aproximação à história.

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Quantos somos no Facebook?

Seguir no bloglovin

Seguidores

Quantos andam aí?

Visitas

Blogs Portugal

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Noi hablamos autres lenguas

subscrever feeds

Partilhar no Facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.